Quero Meu Casamento Firme e Forte: Aspecto 1 – Honestidade

por Leslie  De Morais

Traduzido por Eliane Mariano de Oliveira Albuquerque

Existem diferentes opiniões sobre quais são as coisas que um casamento precisa para se fortalecer ou para permanecer firme. O que vem a seguir é uma lista que compilei de dez aspectos essenciais que os casais precisam para construir um casamento firme, forte e duradouro.


Aspecto 1: Honestidade

”Honestidade é uma palavra tão solitária … as pessoas são tão falsas … quase nunca se ouve algo honesto … Isso é o que mais preciso em você.”

As palavras do cantor Americano Billy Joel soam verdadeiras. Todos nós desejamos honestidade em nossos relacionamentos e em especial, em nosso casamento.  Assim como em todos os outros itens na lista de um casamento forte, devemos primeiro perguntar a nós mesmas: “Será que eu mesma tenho a característica que busco encontrar em meu marido?”

Seja honesta sem medo

Durante um curso de casamento com duração de 8 semanas que eu e meu marido fizemos há alguns anos, a questão da honestidade foi levantada.  Numa escala de 1 a 10 (sendo 10 a pontuação máxima), pediram que déssemos uma nota um para outro em uma lista de qualidades desejáveis em nosso casamento e depois discutir nossas

Somente uma conversa aberta revelará o que seu cônjuge realmente pensa.

notas com o cônjuge.  Quando pensei em meu marido, ele tirou boas notas nos quesitos relacionados à honestidade. Tomei por certo que eu iria me dar muito bem naquela parte do questionário. Estava errada. Primeiro, compartilhei as notas que tinha dado a ele com um sorriso, sem a menor noção das notas que eu iria receber. Depois, ele respirou fundo e revelou minhas péssimas notas: nota cinco em honestidade, quatro em abertura e cinco em franqueza. Tomei um susto. “O quê?” Será que daria tempo de mudar as notas que eu tinha dado a ele? Como assim? O que será que ele está achando? Se eu fosse uma ginasta russa, eu teria recebido uma passagem só de ida no próximo trem para a Sibéria por causa daquela avaliação!

Temos a tendência de pensar em honestidade como simplesmente falar a verdade, e com certeza é isso. Entretanto, a honestidade vai mais além.  Também significa não reter uma parte da verdade. Significa não disfarçar ou dizer meias-verdades. Significa não omitir ou filtrar.  A honestidade assume o risco de deixar o cônjuge irado ou até mesmo de ferir seus sentimentos para que ele possa conhecer você de modo pleno e completo.  Às vezes existe o risco de perder a admiração de alguém ou mudar a boa impressão que se tem de você.

“De que maneira eu tenho sido desonesta com você? ” eu exigi a resposta. “Você não compartilha seus sonhos comigo”, ele disse.  Opa! Ele estava certo. Eu tinha tomado uma decisão consciente, mas quase inconsciente, de parar de compartilhar certos pensamentos, sonhos e aspirações com ele há algum tempo atrás.  Não tinha certeza de quando, mas tinha feito isso. Por quê? Meu marido é uma dessas pessoas realistas, do tipo que você conta sobre um objetivo e ele com certeza vai lhe mostrar como e por que não vai dar certo.  Compartilhe com ele um sonho dourado e ele vai acabar com sua ilusão.  E mais: ele acha que está lhe fazendo um favor ao explicar as razões pelas quais você não deveria perder seu tempo, seu dinheiro ou esforço em alguma coisa que não vai dar certo. Eu tinha boas razões para não ser aberta sobre meus sonhos frágeis, vulneráveis e preciosos … eu não queria vê-los morrer!

Então, com muito cuidado e riqueza de detalhes, lembrei a meu marido de massacres de sonhos do passado.  Ele concordou e admitiu que não tinha sabido ouvir meus sonhos sem resistir ao impulso de ajustá-los de modo a fazer sentido em sua mente. Tudo bem. Agora estávamos começando a nos entender. Enquanto estávamos desembaraçando o dilema sobre honestidade, chegamos a várias conclusões muito importantes com relação às visões que tínhamos sobre a vida; nenhuma delas era pior ou melhor, eram apenas diferentes.  Como acordo, adotamos a frase em francês: “Vive la différence!” [Viva a diferença!]

Honestidade verdadeira talvez arrisca o conforto do relacionamento, porém vale a pena se podemos ser totalmente conhecidos por nosso cônjuge.

Bem, quando eu achei que poderia passar para o próximo item da lista, ele perguntou: “Então, você vai começar a compartilhar seus sonhos comigo?” Tinha esperança que ele não fosse perguntar. Tinha esperança de que eu pudesse compartilhar só mais um pouco e que isso seria suficiente. Mas ele queria saber tudo. Isso me faria sentir desconfortavelmente vulnerável pela possibilidade de reviver decepções passadas quando meus sonhos, objetivos e anseios foram abatidos e destruídos, como os amigos de um protagonista de filme de terror.

“E se você fizer tudo de novo? E se você pisar nos meus sonhos e me desanimar?” Eu perguntei.  “É possível. Eu não sou perfeito. Talvez eu não consiga mudar do dia para a noite. Mas se você não der o primeiro passo para se abrir eu nunca vou ter a chance de mudar”, meu marido argumentou. Eu não tinha como rebater esse raciocínio. “E além do mais,” ele continuou, “como cristãos, nós fazemos o que é certo porque é certo, não porque a outra pessoa reage de modo perfeito”. Gol de placa. Ele estava certo. Não dava mais para eu me proteger. Se a honestidade fosse verdadeiramente importante para mim, eu teria que arriscar a abertura porque a recompensa da intimidade verdadeira e unidade seriam incríveis. Muito provavelmente isso exigiria um pouco de paciência e sem dúvida nenhuma o perdão de minha parte, mas se eu estivesse disposta a mudar o que ele fazia de mal eu teria que mudar também.

Compartilhe abertamente sobre sua vida

Alguns estudos bíblicos ajudaram-me a ter mais convicção sobre o que eu estava aprendendo. A honestidade, para ter total eficácia, está atrelada ao amor.  Considere esta passagem bíblica:

Sentindo, assim, tanta afeição, decidimos dar a vocês não somente o evangelho de Deus, mas também a nossa própria vida, porque vocês se tornaram muito amados por nós.                     – 1 Tessalonicenses 2.8 (NVI)

No início desse capítulo, o apóstolo Paulo referia-se ao fato de que muito embora Silas, Timóteo e ele “tinham sido maltratados e insultados” em Filipos (a cidade que eles haviam visitado anteriormente em sua viagem missionária), eles não deixaram de compartilhar o evangelho com os tessalonicenses.  Eles fizeram isso por amor; amor a Deus, amor a Cristo e amor por todos aqueles que precisavam ouvir a mensagem. A esperança que eles tinham de que os tessalonicenses logo se tornariam seus irmãos em Cristo pesou mais do que o medo de serem machucados mais uma vez.

Não posso dizer que fui maltratada nem insultada quando meu marido expôs sua visão realista com relação aos meus sonhos. Houve momentos em que ele até levantou objeções válidas com relação à viabilidade e parte financeira. Seu ponto de vista me desafiou a fazer mais do que sonhar.

Fale a verdade em amor

Honestidade requer amor, consideração e cuidado com os sentimentos do outro.

Para alguns, ser completamente honesto não é uma tarefa muito fácil porque eles estão mais preocupados como os sentimentos do cônjuge do que com uma abertura genuína.  Já outros estão dispostos a dizer as coisas de modo direto, mas falta-lhes a sensibilidade necessária para discutir assuntos difíceis. A honestidade bíblica nos chama a buscar níveis mais altos em nossos casamentos. A honestidade é capaz de inspirar mudanças profundas e crescimento significativo, não somente em nós como também nos outros.  Contudo, existe um jeito de fazer isso.

Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.     – Efésios 4.15 (NVI)

A palavra antes refere-se ao versículo anterior, que fala sobre a imaturidade e a instabilidade que vêm de ensinos não-bíblicos e influências não-espirituais. Somente falando a verdade em amor é que poderemos chegar à unidade ensinada na continuação da passagem.

Meu marido Alcides e eu decidimos falar a verdade, toda a verdade e nada mais do que a verdade, mas a verdade … em amor. É uma decisão que eu preciso tomar repetidamente porque sinto-me tentada a proteger meus sentimentos.  Também tomamos a decisão de ouvir em amor.

Um casamento firme e forte precisa de honestidade. Será que você pode ticar esse item da sua lista?

Decida ser aberta. Decida falar a verdade em amor.

Estou convencida de que essa é uma das melhores maneiras de permanecer em amor.


Como qualquer lista de itens, esta lista pode lhe mostrar suas forças e suas fraquezas, o que já está presente e o que está faltando em seu relacionamento.  Uma lista de itens revela onde você está e aonde você precisa ir.  A boa notícia é que você pode comemorar o que está indo bem e também traçar um plano para fortalecer o que está faltando no seu casamento.  Com dependência de Deus e atenção dedicada ao assunto você logo irá ticar todos os itens.

10 Aspectos de um casamentos firme e forte: